Luanda - No âmbito da sua responsabilidade social, a Fundação Adão Costa, em parceria com o gabinete da ministra de Estado para os Assuntos Sociais, Carolina Cerqueira, e o Ministério da Saúde, levaram a cabo, nesta terça-feira, 15, uma actividade de acção solidária, que teve como propósito ajudar um jovem talentoso em futebol, que há muito encontrava-se doente, em casa, sem ter uma assistência médica especializada.

*Dumbo António
Fonte: Correio da Kianda

De 15 anos, Manuel Pedro Sebastião Saraiva é tido como um dos mais jovens talentos do futebol no município do Cazenga. E terá sido, supostamente através do seu talento, que lhe terá sido “atirado uma tala” durante uma partida de futebol, onde o mesmo destacou-se como um dos melhores.

 

A suposta tala, também conhecida como mina tradicional, atirada ao jovem talentoso, começou como uma ferida pequena e com o tempo foi se alastrando, até se tornar numa ferida maior, o que o obrigou a abandonar as quatro linhas do campo.

 

Sem condições financeiras para dar sequência aos seus tratamentos, os familiares do jovem futebolista, depois de desesperados com a situação, receberam nesta terça-feira, 15, o apoio da Fundação Adão Costa, que levaram o jovem a uma clínica de referência, onde encontra-se desde as primeiras horas desta terça-feira, 15, internado e a receber tratamento, por parte de médicos especialistas.

 

Segundo o patrono da Fundação, Adão Costa, em entrevista ao Correio da Kianda, o propósito da acção realizada nesta terça-feira, para além do encaminhamento, há uma clínica de referência em Luanda, poderá estender-se ainda, tão logo esteja recuperado o jovem, para um enquadramento no Clube Real Sambila, onde a semelhança de outros talentos abraçados por aquela fundação, vai continuar a treinar e a jogar futebol.

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: