Lisboa - Manuel Rabelais foi afastado da pasta da Comunicação Social de que era titular no Governo de Angola em consequência de uma avaliação considerada “muito negativa” da sua acção pelo secretariado do Bureau Politico do MPLA.


Fonte: Africa Monitor


Era apontado como principal responsável por percalços que têm marcado a reestruturação da TPA, iniciada em Jun.09 por adjudicação a uma empresa que reúne Tchizé Santos e José Paulino dos Santos.

 

O factor que precipitou a sua saída do Governo foi porém, a cobertura do CAN 2010. Uma operação com vista à aquisição de quatro carros de exteriores, encomendados a uma empresa francesa, falhou in extremis, pondo em risco a cobertura televisiva da prova.

 

A solução de emergência posta em marcha, de custos considerados muito elevados, consistiu em contratar uma empresa portuguesa, Media Lusa, que fez deslocar para Angola todos os seus meios técnicos e com 100 técnicos. A RTP também foi solicitada, despachando para Angola 18 técnicos.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: