Luanda - Toda a vida do ser humano e das comunidades orienta-se por valores e princípios. A vida é tecida por estas opções de valor das coisas, das acções e das pessoas. Na sua caminhada a humanidade revelou que a pessoa humana é o maior bem, pois é a medida de tudo que se pode realizar sobre a terra, por isso, o homem quadro, o homem militante precisa conduzir-se por valores e princípios que possibilitam a vida da pessoa e dos outros, requer fontes de discernimento que permitem descobrir os valores profundos que se identificam com o bem-estar comum.

Fonte: Club-k.net

Os valores e os princípios fundamentais de uma comunidade social e política como é a UNITA, precisam de ser estudados, compreendidos e praticados pelos quadros e militantes porque a vida em comum das pessoas não pode ser ordenada sem princípios e valores.

O homem enquanto ser humano não pode ser útil a si próprio e aos outros se não abraçar um conjunto de valores e princípios que o orientam na sociedade.

A complexidade da vida na época da globalização e das tecnologias de informação e comunicação no que diz respeito a natureza das relações entre pessoas, instituições, relações com a natureza exige ser feliz na escolha e na realização do bem, respeito ao outro, não apenas o outro como individuo mas respeito, como um ser suporte de valores e princípios.

A subordinação da política a ética, as 3 grandes regras de disciplina, os 12 pontos de atenção, são princípios que devem governar as nossas relações domésticas, laborais, políticas no contacto físico, na correspondência ou nas redes sociais.


Quadros políticos empobrecidos de ética na política, tornam-se redutores na análise porque emitem juízos a partir de percepções sensoriais em vez da aproximação racional.

Hoje acoberto do anonimato potenciado pelas redes sociais refundam-se ódios, diabolizam-se pessoas, manipulam-se opiniões. É triste e constrangedor assistir a esse hedonismo emocional nas redes sociais, que torna os quadros vulneráveis à marginalidade, a anarquia e a desqualificação pública. As manifestações do liberalismo, do subjetivismo e o individualismo, subvertem os valores doutrinários que sustentaram a militância e determinaram as relações entre quadros, militantes e cidadãos.

A política não é um terreno de afetividades de conveniência entre compadres, amigos, familiares ou paixões românticas. Mas também a politica não é uma selva onde tudo vale, animado por uma falsa miragem de que a grandeza humana se obtém agradando a marginalidade.

O debate contraditório estruturado proclamado pelo Dr. Savimbi oferece vários ângulos políticos, sociais, económicos, filosóficos de abordagem que dinamizam a vida interna e externa do Partido que implica envolvimento no debate contraditório e estruturado na busca de entendimentos e consensos.

A UNITA tem hoje uma inteligência política colectiva escrutinadora que não lhe permite o capitulacionismo ideológico que afecta muitos Partido em épocas da globalização.

"Os quadros devem elevar-se constantemente acima da intriga, do desencorajamento e da vingança pessoal" Dr. Savimbi

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: