Huambo - Hoje é dia de aniversário da minha filha Rosa Miranda Kamalata, nascida na Jamba Capital da Resistência ao expancionismo russo-cubano na África Austral.

Fonte: Club-k.net

Aos meus filhos sempre ensinei honestidade e está Bandeira é Sagrada na minha família de Soberanos do Bailundo. Na minha família não há centavos de Judas que nos compram. Não há centavos que usaremos que não sejam honestamente ganhos.

 

A Igreja Católica e as Irmãs Teresianas inculcaram em mim valores do amor ao próximo e da honestidade que levarei por toda vida.

 

A Doutrina que a UNITA me ensinou é de tornar Angola um País desenvolvido, moderno, de justiça social com gente livre que não se deixa manipular, gente rica a partir de trabalho honesto num Estado que protege os mais fracos, neste processo de conquista de mais liberdade. É esta riqueza que me ensinou Jonas Malheiro Savimbi e é nisso que acredito, porque:

 

O desejo é um ideal,
O possível é o que se pode realizar,
A distância entre estas duas dimensões,
Diminui sempre que os homens forem mais livres.
Este é o "Triângulo da Liberdade".

 

Da Base ao Topo do Triângulo da Liberdade há uma hierárquia de homens livres. Abaixo da base desse triângulo estão os escravos. O processo de construção dessa liberdade depende muito do tipo de sociedade, se é a liberdade construída num Estado verdadeiramente democrático de direito ou num Estado cleptocrático.

 

A liberdade conquista-se a partir da escola. De escolas que ensinam o homem a ser mais livre e não mutilado ou dependente. A dúvida é se em Angola temos cidadãos livres ou escravos modernos. Porque o mais doloroso em Angola, não é a forma como o MPLA manipula e age. O mais doloroso é a forma como os manipulados se deixam enganar, sejam eles licenciados, mestres, doutores ou phd.

 

Esses manipuladores sabem onde recrutar as suas vítimas. Serão pessoas de onde? Pelo menos já ouvi de uma senhora da " Política no Feminino" dizer que ela nunca será boca de aluguer, então essas pessoas que são usadas como bocas de aluguer são de onde, de Luanda, da Huila, de Benguela, do Huambo, do Bié, de Malanje, do Moxico, do Wige ou de Kabinda?

 

Quem me acusa de pertencer a listas de angolanos com grande fortuna, se tiver caráter aceite desde já o repto para um debate público e provar o que diz. Caso seja um cobardezinho de boca alugada, então aguarde pela justiça.

 

Não ficarei parado até que a verdade seja reposta. Os angolanos não tenham medo de serem ricos. Tenham medo de ser endinheirados a partir de dinheiros roubados.

OBRIGADO -

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: