Benguela - Depois de ter ameaçado a morte e escapulir a partir de Talamandjamba, local no qual o oficial da policia nacional dado pelo nome de José da Costa Tiaba, terá violado sexualmente uma jovem de 22 anos, na noite de Domingo26, do corrente mês; o policial  rendeu-se as autoridades locais da cidade de Benguela, na  Quarta Feira 28, alegando que é inocente, porque se encontrava em Luanda a averiguar sua vivenda que estava em queda livre.


Fonte: Club-k.net


O antigo chefe de brigada de trânsito José da Costa Tiaba, tratado por “Pitchú” atirou a bola ao seu advogado, quando questionado pelos órgãos de imprensa local. O mesmo dizia ser filme, boato, muita coisa junta. Estes pronunciamentos, tiveram lugar pouco depois de ser detido.

 

Já o advogado António Caxito Marques adiantou que, os órgãos da polícia criminal e da justiça vão prosseguir com a investigação do caso que abalou os citadinos da referida cidade, tendo limitado pelo facto aproximar mais informações, sobre a polémica. Para o director da polícia de investigação criminal Valdemar Henriques, que garante transparência no assunto, avançou aos jornalistas que, neste momento o ministério público aguarda Pitchú no sentido de ser submetido a um interrogatório e merecer um tratamento nos termos da Lei.


Refira que, as acusações que pesam sobre José da Costa Tiaba “Pitchú” e que em contra partida estão a ser refutadas pelo mesmo. Estão a indignar grosso modo, a população de Benguela, que por sinal, e segundo apurou a nossa reportagem, acredita nos dizeres da jovem arrastada forçosamente para as matas a cerca de 30kms da distancia a sul da cidade.


Pitchú, antigo chefe de brigada de trânsito, de acordo com vários interlocutores é também conhecido como um dos agentes de viação e transito, que mais intimidou os automobilistas desta praça, até a mão armada.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: