Joanesburgo - Morreu na manha desta terça -feira numa clinica em parktown, em Joanesburgo, Nzuzi Ndolumingo (na foto ao lado de Issa Hayatu), Presidente da federação angolana de  Taekwon-dó e conselheiro do da equipa que organizou o CAN em Angola. O mesmo encontrava-se hospitalizado neste país a cerca de três mêses.


Fonte: Club-k.net


Na altura do COCAN, o mesmo era o acompanhante e  figura que fazia ponte com o Presidente da CAF Issa Hayatou  em Luanda. (Issa Hayatou chegou a formular-lhe um convite para trabalhar consigo no futuro).


Na fase final da partida desportiva o mesmo vinha reclamando fatiga e no seguimento do mau estar teve  uma paralisia  cerebral tendo sido levado para a Clinica Multiperfil. Dias  depois foi  evacuado para a África do Sul. A equipa medica que o assistiu havia detetacto que uma parte do cérebro havia deixado de funcionar tendo o mesmo  estado em coma até a data da sua morte. Era alimentado por soro e no inicio respirava por via de tubos.



Semanas depois do seu internamente as autoridades desportivas em Angola havia enviado para saber do seu estado de saúde, uma delegação chefiada pela  Vice Presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Eufrazina Maiato.



Mdolomize, natural da província do Uige era formado em psicologia em França. Até a sua morte, Ndolumingo também ocupava a vice-presidência da União Africana da modalidade de Taekwon-dó. Antes, exerceu o cargo de presidente do conselho jurídico da mesma instituição continental.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: