Africa do Sul - O Mundial arrancou com um empate a uma bola entre África do Sul e México, mantendo-se a tradição da equipa anfitriã nunca perder o jogo de abertura.


Fonte: A bola & UOL

Ao sons das vuvuzelas, África e México ficam no empate

Os dois golos do encontro só surgiram na segunda parte, depois de um primeiro período dominado em grande parte pelos mexicanos, exceptuando os instantes antes do apito para o intervalo.


Passavam dez minutos deste o reatamento do desafio e Tshabalala fez o marcador mexer pela primeira vez no Mundial. Em contra-ataque, o médio arrancou pela esquerda e fuzilou o guarda-redes Oscar Perez.


O México viria a empatar à passagem do minuto 79, por autoria de Rafael Márquez. O médio surgiu isolado no coração da área sul-africana, após centro de Andrés Guardado, e, sem oposição, fez o primeiro tento mexicano na África do Sul.


O técnico Carlos Alberto Parreira da África do Sul vai para seu 6º Mundial (um recorde) com o desafio de levar os Bafanas pela 1ª vez às oitavas. Ele está invicto com a seleção sul-africana e conta com o histórico de um time anfitrião nunca ter perdido um jogo inaugural. Já os mexicanos vêm confiantes pelo triunfo contra Itália no último amistoso antes da Copa.  Na outra partida do Grupo A, França e Uruguai se enfrentam no estádio Green Point na Cidade do Cabo às 15h30m.


Começa a Copa do Mundo e no inicio da partida o México tem total controle da bola, a África parece assustada no começo do jogo.


Aos seis minutos a África mostra que está no jogo aproveitando um contra ataque.


O México volta ao controle da partida e a África se defende como pode.


A África do Sul começa a deixar o jogo equilibrado.


Aos 32 minutos grande jogada Mexicana, Franco mata no peito dentro da área, fica na frente do goleiro sul-africano, que mostra bom reflexo e evita o gol.


Aos 38 o México abre o placar, mas o assistente marca impedimento e o gol foi anulado. No final da primeira etapa grande pressão africana, numa seqüência de escanteios.


Acaba o primeiro tempo tudo igual África do Sul 0 X0 México.

Começa a segunda parte do jogo, e a África abre o placar um lindo lance, e com bela finalização de Tshabalala arranca em velocidade e bate de perna esquerda fazendo o primeiro gol desta Copa.


Após o gol o Mexico tenta reagir e teve boa oportunidade com Giovani Dos Santos aos 14 minutos.Aos 15 minutos Giovani dos  Santos faz linda jogada individual e bate forte no ângulo. O goleiro Khune faz defesa maravilhosa e espalma para escanteio.


Aos 24 minutos Modise recebe belo passe cara a cara, é desequilibrado por Rodríguez na área, e bate rasteiro quase caído no chão. O goleiro Pérez defende com os pés. E o árbitro não marca a penalidade máxima.


Aos 35 minutos o México empata a partida, Guardado cruza no segundo pau, Mokoena fica sozinho na linha de impedimento, e não alcança a bola, que sobra para Rafa Márquez dominar e bater forte sem chances para Khune.


No final tenso de jogo os Bafanas tiveram a chance da vitoria com Mphela recebeu a bola sozinho dentro da grande área e tentou o chute com o gol aberto, a bola explode na trave mexicana.

 

Mesmo com o empate a África mereceu a vitoria, já que teve mais chances de gols, e um penalty não marcado.


Destaque do jogo: Tshabalala que alem de marcar o gol foi o melhor jogador em campo.


Outro destaque e o barulho ensurdecedor das vuvuzelas no estádio.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: