Huambo - Falando ao club-k sobre as suas habilidades, anseios e dificuldades na sondagem de clubes desportivos na cidade do Huambo e Benguela, Elias Tomas tratado por Etó naquela parcela do país, contou em off a nossa reportagem sobre historias da carreira de seus dotes profissionais e as lutas pelas quais tem desenvolvido no sentido descobrir caminhos do seu sonho, e ou ser acolhido por qualquer dos clubes, uma vez que sente-se apto a praticar a modalidade futebolística no quadro sénior da selecção nacional com os seus 20 anos de idade.


Fonte: Club-k.net

O também Etó do Huambo (Elias Tomas), mostrou-se preocupado com suas habilidades, que não estão a ser postas em prática nos termos do desporto nacional. Pelo facto, demonstrou seu interesse de declarar ao mundo seu saber tendo em conta a propriedade que Etó trata sobre a bola.


Neste domínio, de realçar que Tomas deixou um repto ao mercado nacional e internacional de que a província do Huambo é ainda um grande viveiro do futebol 11, tal como ele outros de igual modo não têm norte. Para o efeito, insiste em dizer que era imperioso que técnicos, empresários vocacionados no sector dos desportos fossem, aquelas paragens constatar esta realidade.


Numa breve incursão sobre a procura de clubes, o desportista informou ao club-k que já esteve na cidade das acácias rubras, em meados de 2009 numa altura em que o 1º de Maio encontrava-se ausente da província.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: