Lisboa - O Director da Radio Ecclésia,   Padre Mauricio Augusto  Camuto (na foto), procedeu ao afastamento de dois jornalistas daquela estação, nomeadamente Adão Tiago e Esperança Gaspar. Ambos teriam viajado para Inglaterra para uma formação de 15 dias a convite da BBC de Londres. No regresso, o Padre Mauricio Camuto terá chamado atenção dos dois profissionais  impulsionando as respectivas demissões.


Fonte: Club-k.net

 Padre Camuto despede profissionais

Há informações segundo as quais  os dois profissionais terão sido recebidos pela Radio Expansão FM, a nova emissora conotada a sectores do regime  que começa a emitir, a partir de Novembro. 

 

Nas últimas semanas a Radio Eclésia foi objecto de debate em meios da sociedade em Luanda devido a problemas que enfrenta, tais como  registro de  falta de salários, censura e repentina  mudança de linha editorial que se enquadra aos interesses do regime do MPLA.    Um dos seus principais apresentadores, Rio  Alves, é citado como estando a ser cobiçado pela  Radio Expansão. Em  desfavor da  permanência do porfissional  na emissora católica  alinha-se o atraso de 15 dias de salários e atitudes de desconsideração interna.

 

Pelo que se observa  a Radio Expansão denota disposição em provocar um vazio em termos de quadros a única emissora católica em Angola. Terão sido  igualmente sondados  pela mesma Radio, a jornalista Helena Lima, João Benji, José  Fraio e Adriano Kubanga.  Em simultâneo ao sucedido, corre mensagem na internet, em solidariedade com  a emissora católica difundida por círculos que se mostram preocupados com  desvio notado.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: