Lisboa - Isabel dos Santos comprou, através da Santoro Finance, 55.000 acções do banco na sessão de segunda-feira ao preço unitário de 1,444 euros e mais 1.561 acções ontem (1,453 euros cada).

 

Fonte: jornaldenegocios.pt


Após estas transacções, a filha do presidente de Angola passou a deter 89.949.996 acções do BPI, representativas de 9,99% do seu capital social, segundo um comunicado enviado à CMVM.

 

A empresária tem vindo a comprar títulos do BPI nos últimos dias e o Negócios noticia hoje que Isabel dos Santos vai pedir autorização ao Banco de Portugal para ultrapassar os 10% no capital do banco.


“O pedido será feito durante o próximo ano e visa dar margem de manobra à Santoro, "holding" financeira da empresária, para continuar a reforçar a sua posição na instituição liderada por Fernando Ulrich”, soube o Negócios.

 

Apesar de não ter sido definido um objectivo em termos da percentagem de capital do BPI a alcançar, Isabel dos Santos quer ter capacidade para aproveitar oportunidades para aumentar o seu investimento no banco. Reforço que a Santoro tem assumido como um sinal de confiança no projecto e na equipa de gestão do banco.

 

No último mês, a empresária aplicou quase três milhões no banco, elevando a sua participação de 9,7% para 9,99%.

 

O reforço do investimento de Isabel dos Santos no banco surge pouco tempo depois de outro grande investidor angolano, a Sonangol, ter pedido autorização ao BdP para ter mais de 10% do BCP. A petrolífera angolana até já superou aquela fasquia, apesar de o supervisor ainda não ter diferido o pedido.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: