Cartum - Angola atinge pela primeira vez a final de uma competição continental de seniores, ao vencer aos penaltes o Sudão na Taça CHAN2011, por 5-3. A partida decisiva está marcada para sexta-feira, às 15h30 (hora de Angola) e será frente a Tunísia.


Fonte: Angop

 

Por duas vezes consecutivas, em 2008 (Ghana) e 2010 (Angola), a selecção nacional atingiu os quartos-de-final da Taça das Nações, e agora, chega a primeira final na estreia da prova destinada a jogadores que actuam nos respectivos paises.

 

Para atingir à final, Angola ocupou a  segunda posição do grupo D da fase preliminar, com uma vitória (Rwanda, 2-1) e dois empates (Tunísia 1-1 e Senegal 0-0).

 

Nos quartos-de-final, ultrapassou os Camarões aos penaltes por 8-7, depois de um nulo após o tempo regulamentar e mais o prolongamento.

 

Lubango em festa pelo apuramento dos "Palancas"


Passeata, gritos e canções fizeram a festa dos lubanguenses depois da vitória sobre o Sudão (4--3), por marcação de  grandes penalidades, após empate a uma bola no tempo regulamentar.

 

A cidade esteve intransitável por conta da euforia dos adeptos que em várias arterias concentraram-se para assistir o jogo.

 

Após a marcação do panáltie, de Dany Massunguna, que deu a vitória à equipa nacional, os adeptos saíram à rua e entoaram canções com teor patriótico e que enalteciam o valor da equipa nacional.

 

Os amantes do futebol consideraram que a vitória era previsivel, embora a exibição não tenha sido das melhores.

 

Gerson Jorge, bancário, afirmou que esta é uma vitória histórica e espera que os Palancas vençam na final contra a Tunísia.

 

Por sua vez, o gestor, Edmundo Alberto, que assistiu ao jogo num dos centros de transmissão de jogos, considerou que valeu apenas a destreza do guarda-redes Lamá, aquém considerou +herói do jogo+, o que para além das defesas em campo evitou vários golos do adversário.

 

Emerson Nandesefeny, economista, salientou que o objectivo está cumprido, o que importa agora é preparar o jogo da final contra a Tunísia, com quem Angola empatou a uma bola na primeira jornada do grupo D.

 

JMPLA apoia selecção angolana de futebol


O primeiro secretário nacional da JMPLA, Sérgio Luther Rescova, disse hoje (terça-feira), em Menongue (Kuando Kubango), que a sua organização vai continuar a apoiar a Selecção Nacional de Futebol para que esta chegue cada vez mais longe.


O político falou a propósito da vitória da selecção angolana, diante da sua congénere do Sudão, em partida da Taça CHAN2011, por 5-3.


“Vamos continuar a torcer para que a nossa selecção possa chegar o mais longe possível e quiçá trazer mesmo a taça a Angola”, afirmou aos jornalista em Menongue, onde orienta os trabalhos da 9ª edição do Campo Nacional de Férias dos Estudantes Universitários (Canfeu2011).


Em sua óptica, trazer a taça a Angola é o principal desejo do colectivo e dos angolanos.


Disse que a equipa técnica precisa de uma corrente muito positiva, no sentido de fazer o melhor possível.


Por outro lado, pediu aos jovens para continuarem a apoiar e a festejar a vitoria da selecção, mas com muita calma e ponderação, evitando euforia para que a festa não se transforme em momentos de tristeza.


“Muitas vezes a juventude ao festejar usa práticas incorrectas”, lembrou, para reiterar que a juventude de Angola, no quadro da unidade nacional, dará o seu apoio a Selecção Nacional, independentemente dos próximos resultados.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: