Luanda - A lista “A” concorrente às eleições à presidência da Federação Angolana de Futebol (FAF) foi  apresentada publicamente pela comissão eleitoral, que declarou oficialmente a abertura da campanha.


Fonte: Angop

 
A lista tem como “cabeça” o antigo presidente do 1º de Agosto Pedro de Morais Neto, cujo projecto será apresentado segunda-feira. O seu lema de campanha é “Unidos revitalizaremos o futebol nacional”.
 

Como pontos chaves da sua candidatura, Pedro Neto pretende devolver ao futebol angolano a dignidade e a alegria de outrora, criar uma liga profissional, criar condições para as províncias competirem a nível regional, apoiar os jovens jogadores e potenciar as suas capacidades, de acordo com dados a que Angop teve acesso.


 
Dignificar a figura das associações provinciais e seus filiados como garantia de um futebol organizado, desenvolvido e próspero é igualmente propósito.
 

Eis a composição do elenco:
 
Mesa da Assembleia-Geral:
 
Presidente: António França Ndalu

Vice-presidente: Carla de Sousa

Secretário: Ilda Bessa
 
Direcção:
 
Presidente: Pedro de Morais Neto

Vice-presidente: Teresa Quarta
Vice-presidente: Fernando da Trindade Jordão
Vice-presidente: Francisco Carvalho Neto
Vice-presidente: José Luís Prata
Vice-presidente: Hélio Lafayette
Vice-presidente: João Lusevikueno
Vice-presidente: Raúl Neves Chipenda
 

Secretário-Geral: José Cardoso de Lima

 
Vogais: Maria Cristiano, Eugénio Bamby, José do Carmo, Manuel Loth e Francisco de Oliveira
 
Conselho Jurisdicional:
 

Presidente: Hélder Pitta Gróz
Vice-presidente: Aníbal Tungo
Vogal: Domingas Custódio
 
 
 
Conselho Central de Árbitros:
 

Presidente: Francisco Carvalho Neto
 

Vice-presidente: Agostinho Muluta Prata


Vogais: Manuel da Cunha, Muanza Romano, Pedro João Neto, Zinga Sambo, Carlos Lopes, Ângelo Morais e Luís Cazola.

 
Conselho de Disciplina:
 
Presidente: Alberto de Sousa
 
Vogais: Lourenço Agostinho, Ernesto Maiato, Sebastião da Silva e Alexandre Quinda.
 
Conselho Técnico:
 
Presidente: Fernando da Trindade Jordão
 
Vogais: Santos Miguel e Manuel Quizembo
 
Conselho Fiscal:
 
Presidente: Amílcar Silva
 
Vogais: Mbivanga Filipe, Maria Almeida, Renato Borges e Maria Bernardo.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: